2ª Via IPTU 2ª Via ISS

Notícias

Comunidade em Ação presta homenagem a moradores

Imprensa |

IMG_1573Em solenidade bastante emocionante e festiva, cidadãos moradores em Santa Gertrudes foram homenageados. Um momento mágico, de reconhecimento e valorização de cidadãos que se destacaram e se destacam no cenário histórico do município de Santa Gertrudes e, principalmente porque suas histórias de vida se confundem com a história de nossa cidade.

A iniciativa faz parte do Projeto Comunidade em Ação, oferecido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Educação de Santa Gertrudes, que vem sendo desenvolvido ao longo do ano de 2016. O projeto tem como objetivo principal desenvolver o sentimento de respeito e admiração pelo próximo, como o convívio com as diferenças.

O prefeito Rogério Pascon, destacou a importância do reconhecimento de pessoas que muito se dedicam e dedicaram ao longo de suas trajetórias de vida, sempre buscando ajudar ao próximo e não medindo esforços em prol do melhor para o município.

IMG_1740Entre os homenageados estavam: Áurea Aparecida Julião Cerri, Leila M. Martins de O. Bueno, Maria da Penha S. Gaviolla, Maria do Rosário M. da Costa, Maria Helena F. Bichara, Maria Ivone Zutim Pim, Miriam Filier Cattae, Roque Luciano Garcia- Neguinho e Sebastião Alves Maciel – Tiãozinho.

A solenidade foi abrilhantada por apresentações dos alunos das escolas EMEI Lygia Buschinelli, EMEI Eugênio Secco, EMEF Joaquim Raphael da Rocha e EMEF Nilva Ap. Rocha de Aguiar que abordaram a inclusão dos portadores de necessidades especiais.

Conheça a História dos Homenageados:

IMG_1743ÁUREA APARECIDA JULIÃO CERRI

Ao longo de sua vida, esta ilustríssima santagertrudense sempre teve como lema de vida, “ajudar ao próximo” e, assim o fez e faz até hoje.

Católica com muito orgulho, sucessivamente colaborou em muitas das festividades da Igreja Matriz de nossa cidade, também cuidou pacientemente e com muito e carinho de sua amada mãezinha, ajudou na criação dos netos, mais seu maior legado foi a dedicação direta e intensa à Pastoral da Criança em Santa Gertrudes, foram mais de 30 anos ajudando na alimentação dos pequenos, preparando a famosa farinha nutricional aos mais necessitados e prestando auxílio às diversas famílias nos momentos mais cruciais.

Dona de um sorriso fraterno e bondoso, ela é nascida na Fazenda Santa Gertrudes em dois de agosto de 1949. Filha da dona Antônia e do seu Laureano. Casada com o senhor José possui quatro filhas e dois netos.

Nos dias de hoje ela passa boa parte de seu tempo cuidando das tarefas de casa, da família e principalmente em oração, pedindo sempre por aqueles que ama e por todos que necessitam de alguma ajuda.

Estamos falando da avó da Laura e o Pedro, a senhora ÁUREA APARECIDA JULIÃO CERRI, conhecida carinhosamente entre todos como dona Cida Julião.

IMG_1747Leila M. Martins de O. Bueno

Nossa querida homenageada é uma filha de Santa Gertrudes. Podemos dizer que é uma pessoa que fez dos seus sonhos meta de vida. Veio de uma família muito simples, mas que soube valorizar e incentivar os seus estudos. Realizou seu trabalho sempre com muita delicadeza, tratando a todos com muito carinho e respeito.  Descobriu cedo a necessidade de lutar por seus objetivos, mesmo com grandes dificuldades terminou o curso ginasial em Santa Gertrudes, passando num exame de seleção para cursar a Escola Normal no Instituto de Educação Joaquim Ribeiro em Rio Claro, iniciando assim seu sonho de ser professora.

Filha de Francisco Antonio Martins e Albertina Silvia Martins, mulher do Romeo, mãe de Kelly, Rafael e Thaís. Pode-se dizer que essa avó coruja da Sofia, é uma mulher vencedora. Sempre muito determinada, teve um grande diferencial na sua profissão e sua vida, trabalhava com excelência, amor e se realizava ao ver seus alunos aprendendo as primeiras letras e números.

Tarefa que ainda hoje, mesmo depois de tantos anos aposentada, não gosta de se distanciar, já que alfabetizar sempre foi sua vocação, trabalhando assim em prol da comunidade.  Estamos falando de Leila Marli Martins de Oliveira Bueno, nossa querida professora Leila.

IMG_1750Maria da Penha S. Gaviolla

Nossa homenageada nasceu em 21 de outubro 1938, na fazenda São Bento, cresceu numa família de muitos irmãos. Ela casou-se em 26 de dezembro de 1959 aos 21 anos, dessa união teve duas filhas. Ficou viúva aos 38 e a partir daí passou a ser o “arrimo” da família, ficando responsável pela educação e formação das filhas. Anos mais tarde após casar as duas filhas e já com quatro netos, casou-se novamente e após 24 anos de união ficou viúva novamente.

Mulher de porte pequeno, responsável pelo fortalecimento da família. Carismática, falante, de personalidade forte e independente, será sempre o exemplo para os que a cercam, pois mesmo aos 77 anos está sempre na expectativa de um novo acontecimento, como por exemplo, a chegada do bisneto. Fã incondicional do cantor Daniel, de uma fé inabalável a Deus e muita disponibilidade em ajudar o próximo.

Trabalhou como merendeira por 18 anos na Escola Pedro Raphael da Rocha, onde fez um grande círculo de amigos, os mesmos que a incentivaram a voltar a estudar e assim, na fase adulta se alfabetizou demonstrando garra e força de vontade. Estamos falando de Maria da Penha Seneme Gaviola, a nossa querida Mariazinha.

IMG_1754Maria do Rosário M. da Costa

Vinda de uma família mineira é a filha mais velha de uma linhagem de nove irmãos. Trabalhou desde pequena nas lavouras de café e, por isso, só pode como muitos fazer o ensino primário na escolinha da fazenda onde morava.

Ainda muito jovem se casou e foi morar longe de tudo, conheceu bem de perto as dificuldades da vida, onde morava não havia nem mesmo energia elétrica e nem assim, nunca deixou se abater, ao contrário, lutava com a vida e para ajudar seu marido com uma renda extra, fazia uso de seu dom culinário e preparava pudins, balas, licores e salgadinhos de mandioca os quais eram todos vendidos para a população local do campo.

Em meio às dificuldades, mesmo grávida, resolveram se mudar com a roupa do corpo para a nossa querida Santa Gertrudes, isso ocorreu no ano de 1997 e daqui nunca mais saiu.

Nossa homenageada e sua família, foi muito bem acolhida em nossa cidade, aqui usufruiu de seus dons e deu aulas de crochê e artes plásticas, foi de lavadeira à costureira, sempre muito alegre, descontraída e bastante divertida.

Voluntária para todas as horas adora ajudar nas festas da Paróquia São Joaquim e o tempo todos esteve engajada também com os eventos escolares, fazendo parte integrante e atuante das Associações de Pais e Mestres das escolas de nossa cidade.

Mãe de três filhos concluiu seus estudos praticamente com eles, terminou o Ensino Fundamental pelo Telecurso e o Ensino Médio pela Educação de Jovens e Adultos.

Entre tantos dons, a avó da Yasmin diz que além se artista plástica, artesã e cozinheira seu amor por Santa Gertrudes a tornou escritora, pois em homenagem a esta terra ela já fez vários versos poéticos.

IMG_1758Maria Helena F. Bichara

A homenageada da vez, é nascida e criada em Santa Gertrudes, passou toda sua juventude aqui na nossa terrinha, casou-se aos 27 anos e no próximo dia 13 completará 48 anos de união conjugal, teve dois filhos e dois netos.

Praticamente dedicou sua vida à Educação, começou sua carreira profissional como professora primária substituta, e no ano de 1967 efetivou-se como docente na rede estadual de São Paulo, na época, percorreu várias cidades até conseguir assentar definitivamente seu cargo em nosso município.

Em sua vida toda esteve engajada com a educação, foi de professora à Diretora de Escola, cargo este que conquistou em mais um concurso público e nele permaneceu até sua aposentadoria a qual ocorreu em 1988.

Após sua aposentadoria ela não descansou, continuou dando aulas na rede estadual como professora contratada e no ano de 1997 foi nomeada a primeira Secretária Municipal da Educação de Santa Gertrudes, cargo que ocupou por oito anos consecutivos.

Mais adiante, no ano de 2009 foi nomeada Secretária Municipal de Cultura, Turismo e Lazer, onde permaneceu durante quatro anos.

Criada no catolicismo esteve sempre envolvida nos eventos paroquiais, foi Coordenadora da Pastoral da Crisma, palestrante incansável na Pastoral dos Noivos e quando podia ajudava nas quermesses da Igreja, sem nos esquecermos, é claro, que ela foi também Presidente da Creche Vicentina por muito tempo.

Estamos falando aqui de uma fã apaixonada pelos Beatles, ela é a avó do Pedro e da Marina, a gertrudense Maria Helena, conhecida pela maioria como Lena Ferranti.

IMG_1762Maria Ivone Zutim Pim

Essa é mais uma pessoa querida da nossa cidade.  Mulher guerreira, que tem como meta na vida auxiliar o próximo. É uma referência no bairro onde reside realmente um apoio, é quem faz a ponte social no local. Procurada desde para conseguir uma cesta básica, medicamentos, exames, roupas, como para equipamentos médicos. Ama realizar festas para as crianças.  Esteve sempre à frente auxiliando na Pastoral da criança. Como mulher dinâmica que é não poderia deixar de participar e liderar o clube de mães do bairro Santa Catarina.

Pessoa simpática além das tarefas domésticas, também  é revendedora de cosméticos, fazendo uso da sua delicadeza para auxiliar que outras fiquem mais bonitas.   Emociona-se ao ouvir a música “Quintal do vizinho” do Roberto Carlos.  Nasceu em 12 de maio de 1960, é casada com Valter Aparecido Pim, teve três filhos: Renata, Glauce e Wagner, e uma linda netinha, a Lorena. Estamos falando de Maria Ivone Zutim Pim.

IMG_1765Miriam Filier Cattae

Essa gertrudense, nascida em 10 de agosto 1952, esposa exemplar, mãe zelosa e porque não dizer, coruja. Fã incondicional do grupo ABA, sempre muito sorridente, levando alegria e energia por onde passa.

Essa pessoa que agora homenageamos, é alguém muito especial da nossa comunidade. Tem como lema de vida a seguinte frase: “Para qualquer que seja a situação sempre existe uma solução”. Com muito alto astral, sempre procurou auxiliar as pessoas em tudo que estava ao seu alcance.

Hoje aposentada, e pode-se dizer que é  professora ainda, trabalhou tanto no fundamental, como na Educação Infantil, alfabetizadora, diretora de escola e supervisora. Pessoa que trilhou o caminho da educação  com muito entusiasmo. Trabalhou na Escola Estadual “Maria Aparecida de Arruda”, hoje EMEF “Joaquim Raphael da Rocha” como estagiária, dando aulas em todas as séries, passando a exercer outros cargos ao longo de sua carreira. Quem não se lembra de suas gargalhadas, seu bom humor?  Estamos falando da mãe do André, esposa do Mário, é ela a Miriam Filier Cattae, tia Miriam, como é conhecida.

IMG_1769Roque Luciano Garcia- Neguinho

Nosso homenageado tem na sua personalidade a marca da alegria e determinação. Homem de coração enorme, sempre disposto a ajudar, tratando a todos com muito respeito e atenção.  Encontrou em seu trabalho grande prazer e encantamento. Mesmo com tantos tropeços, sempre se portou com competência, de bem com a vida, muito brincalhão e divertido.

Nasceu aos vinte e sete dias de abril de mil novecentos e cinquenta e um, em Santa Gertrudes, casado com Ivani Aparecida Moro, teve dois filhos, Luciane e Paulo. Num ambiente de muita alegria e respeito criou os filhos e com a mesma alegria esse vovô “boa praça” curti Luísa Helena e Davi.

Hoje trabalhando na secretaria de esportes, amante do futebol, repudia a falsidade e mentira, acredita num mundo melhor, tem seu pai, o Sr. Antonio Segundo Garcia como seu maior exemplo. Canta Roberto Carlos – “Esse cara sou eu”, espalhando alegria e dignidade.  Por seu compromisso com nossa comunidade homenageamos você, Sr. Roque Luciano Garcia, nosso querido “Neguinho”.

IMG_1773Sebastião Alves Maciel o seu Tiãozinho

Sabemos que este homenageado não é nascido de fato em nossa terra, diríamos na gíria popular ele não tem seu umbigo aqui enterrado, mais com certeza tem seu coração aqui fincado.

Vindo de uma família forte, tornou-se uma pessoa sonhadora, muito honesta e por demais trabalhadora, incansável até os dias de hoje.

Em muitos de seus feitos foi um craque e tanto de futebol de várzea, e além de correr atrás da bola gostava bastante de cantar, o que o levou a formar dupla sertaneja com o irmão quando criança, participando mais tarde  ainda de três bandas musicais no estado de Minas Gerais.

Homem de muita fé, é um católico fervoroso, ingressou no trabalho religioso e em obras sociais na Igreja Católica desde muito cedo.

Aqui em nossa cidade teve uma forte participação no trabalho de politização da comunidade, especificamente no Bairro Iporanga e Bom Sucesso, não medindo assim esforços para a formação de uma Associação de Bairro e um Conselho Comunitário. Juntos aos órgãos públicos colaborou na solicitação da construção de uma nova escola, hoje a Escola “Nilva de Lourdes Rocha Oliveira”, na qual sempre esteve presente colaborando com tudo, até mesmo nos eventos escolares.  Por pensar no próximo, ele sempre quis o bem de sua comunidade.

Na vida ele pode ter ao seu lado uma boa esposa, a qual amou muito. É um pai formidável e procurou dar o melhor para seus filhos, educação, honestidade e integridade, ensinando-os a serem verdadeiros cidadãos. Também é um avó amoroso e muito dedicado, sobretudo é um apaixonado pela vida. Para quem não sabe, este é o senhor Sebastião Alves Maciel o seu Tiãozinho, que infelizmente não pode estar presente e foi representado por seu filho Lázaro.